Você gostaria de se conhecer melhor?


Muitas vezes sofremos frustrações por não sabermos reconhecer quem somos e quais desejos estão dentro de nós. Acreditamos que para ser bem sucedido, precisamos de uma profissão rentável, acumular vários bens e encontramos alguém apresentável socialmente para mantermos uma relação e sermos aceitos pela sociedade! Será que ao encontramos essas coisas estaremos realizados internamente? Você faz as coisas para você ou para mostrar aos outros?

StartFragment

Quando buscamos o autoconhecimento, nos valorizar, nos amarmos e respeitarmos, não é qualquer coisa que nos satisfaz e nem qualquer coisa que nos atinge, porque você aprende a reconhecer o que é bom para você e o que te faz bem.

Tudo o que você for fazer, seja ajudar alguém ou algo para um familiar, seja a profissão que vai seguir ou a pessoa com quem vai se relacionar, faça por você! Você escolheu agir daquela maneira, não porque o outro precisa ou porque você quer ser aprovado pelas pessoas. O primeiro a aprovar suas atitudes deve ser você mesmo. Escolha a pessoa que você quer ser, sendo fiel e honesto com você, a seus valores e princípios

Assim suas atitudes serão melhor para você e, consequentemente, para os que te cercam. Quando fazemos algo sem vontade, pelas pessoas, por obrigação ou além da nossa capacidade, nos contrariamos e o outro percebe. Ninguém fica bem! Você pode se sentir usado, desrespeitado, abusado... Mas pare para pensar, quem foi que não soube dizer não? Quem foi que disse sim com medo de ser egoísta ou não ser aprovado? Foi você! Então foi você que permitiu sentir-se usado, desrespeitado ou abusado, por falta de não se posicionar da maneira correta frente as circunstâncias que te cercam. Muitas pessoas acham que ao dar uma resposta negativa o outro vai ficar com raiva. Você sente-se culpado e tem medo de se posicionar para não causar um conflito. Quando aprendemos a ser honestos, fiéis e leais a nós mesmos, daremos a resposta verdadeira e de maneira educada, sem exaltação ou falsidade, quando nos posicionamos da maneira correta os limites ficam claros e as pessoas passarão a te respeitar, pois enxergarão claramente o seu limite.

Quando sabemos quem somos, o que queremos, o que não queremos, não aceitamos qualquer coisa, pois sabemos o que queremos e o que é melhor para nós.

A jornada do autoconhecimento pode ser bem libertadora, pois enxergamos que somos responsáveis pela nossa vida, por nossas funções, por quem queremos ser, pelas nossas emoções. Você é responsável pelas suas atitudes, não pelo que o outro sente. Por isso, quando escolhemos quem queremos ser, cientes de nossas responsabilidades e escolhas, entendemos que só poderemos responder por nossas atitudes. Tomamos a nossa vida em nossas mãos em todos os seus aspectos. A liberdade é muito boa, mas para podermos usufruirmos dela de forma completa, precisamos ter responsabilidade.

Então, se olhe, se veja, se entenda, se conheça em suas potencialidades e fraquezas, para que você acredite em todo seu potencial e reconheça suas limitações!

EndFragment


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo